Cofragem de madeira para a construção de edificios

A madeira a empregar em cofragem para a construção deverá ser de primeira escolha, bem seca e isenta de caruncho, fendas e nós viciosos, devendo possuir secções e ligações que permitam assegurar a indeformabilidade e estanquidade dos moldes durante as operações de betonagem. A madeira para cofragem a empregar em outras obras auxiliares, tais como… Continue a ler Cofragem de madeira para a construção de edificios

Mastiques Produtos Químicos

Os mastiques a utilizar nas obras de construção deverão entrar na obra em recipientes de origem, intactos, conforme fornecidos pelo fabricante. Deverão se impermeáveis e estáveis em presença dos agentes atmosféricos, proporcionar uma boa aderência às argamassas e betões e terem elasticidade suficiente para poderem suportar a deterioração os movimentos a que irão ser submetidos.… Continue a ler Mastiques Produtos Químicos

Tintas Anticorrosivas para Estruturas Metálicas

As tintas a utilizar têm as seguintes funções: • Condicionadores de metal • Primários anticorrosivos • Intermediários • Acabamentos As camadas de tinta devem satisfazer os requisitos necessários a uma boa protecção durante um período de tempo razoável, nomeadamente: boa aderência à superfície metálica, boa penetração em poros e irregularidades do metal durante a pintura,… Continue a ler Tintas Anticorrosivas para Estruturas Metálicas

Objectivo plano segurança saúde

O alcance dos objectivos referidos deve basear-se num conjunto de princípios de actuação que deverão ser assumidos pelo construtor civil perante a fiscalização de obra, nomeadamente: • reconhecer a segurança no trabalho como parte influente do desempenho; • cumprir toda a legislação e regulamentação do âmbito da segurança e saúde no trabalho; • planear para… Continue a ler Objectivo plano segurança saúde

Alvenaria de Tijolo Comum

Na construção das alvenarias de tijolo ter-se-á o cuidado de não empregar os tijolos, sem os mergulhar em água durante alguns segundos, não se devendo assentar nenhuma fiada de tijolo, sem previamente humedecer a fiada precedente. A argamassa, que deve ser um pouco mais branda, que a empregada nas outras alvenarias, estender-se-á em camadas mais… Continue a ler Alvenaria de Tijolo Comum

Arranque e Reposição de Pavimentos

Salvo outra disposição indicada nas Cláusulas Especiais do Caderno de Encargos da obra de construção civil,  o arranque e a remoção dos pavimentos deverá ser feito como definido nos critérios de medição do Projeto. Consoante a natureza do pavimento, assim a entidade que superintende na conservação dos pavimentos levantados determinará o aproveitamento ou não dos… Continue a ler Arranque e Reposição de Pavimentos

Piquetagem e Implantação Levantamento Topográfico

Compete ao Empreiteiro proceder, antes de iniciar qualquer trabalho, à piquetagem e à implantação das obras, a suas expensas, incluindo o fornecimento do material necessário. Na piquetagem serão utilizadas mestras de alvenaria ou estacas de madeira com 8 a 10 cm de diâmetro na cabeça, cravadas pelo menos 50 cm. Estas mestras serão niveladas e… Continue a ler Piquetagem e Implantação Levantamento Topográfico

Exigência Térmica dos Edificios e Eficiência Energética

Todos os edifícios, de qualquer natureza, devem ser dimensionados e equipados de forma a permitir que se criem e se mantenham no seu interior condições ambientais satisfatórias do ponto de vista do conforto térmico e da eficiência energética, tendo em conta a ocupação dos diferentes locais, espaços, e o normal funcionamento dos seus equipamentos. A… Continue a ler Exigência Térmica dos Edificios e Eficiência Energética